sábado, 21 de agosto de 2010

Tenente-Coronel comandante do GIPS da GNR explica como se combatem incêndios

Nos vídeos que temos assistido ultimamente o que vemos são bombeiros à frente do fogo expondo-se a condições extremas. Na reportagem que se segue, passada no telejornal da RTP vêem-se os GIPS/GNR a entrar numa queimada a poucos metros de uma estrada para fazerem um trabalho exemplar, extinguem o fogo em dois ou três pequenos arbustos com polpa e circunstância… dizem que foi um reacendimento… incrível, as câmaras estavam no local e hora certos… ou não.

O Tenente-Coronel António Paixão, comandante do GIPS da GNR explica como se combatem os incêndios mas esquece de dar formação devida aos seus homens quanto à situação de rescaldo que para nós bombeiros é básico.

Num rescaldo (limite do verde com o queimado) aceirar nunca de dentro para fora isto para evitar afastamento de possíveis materiais incandescentes que existam na manta morta que possam dar origem a novos pontos de ignição.

Imagine-se que no vídeo o profissional GIPS/GNR faz exactamente o que não deve…

Palavras para quê assistam ao vídeo e tiram as vossas elações.


video

24 comentários:

  1. Certíssimo e muito bem visto. Mas estes senhores não são aqueles que ganham 1,71 euros/h pois não?! Pois é, palavras para quê...

    ResponderEliminar
  2. Porque será que eu não tive a oportunidade de ser entrevistado, ou então estar perto deste senhor para lhe fazer algumas perguntas,
    E não quero ser anónimo,
    Chamo-me Luis Morais e sou Adj, dos Bombeiros de Vila Verde,
    Um Abraço a todos colegas bombeiros voluntários.
    Esses sim

    ResponderEliminar
  3. eu gostava de ver na prática, pq teoria todos tem.
    vem vi os especiais e os outro no Gerês a trabalhar.

    ResponderEliminar
  4. Sou GNR e tou com os B! Esta força/especialidade na GNR apenas serviu pros tachos...

    ResponderEliminar
  5. Estes senhores ganham 3000€ por mês!!!!!!!!Já viram bem????3000€ por mês....

    ResponderEliminar
  6. epa ATÉ parece que não o que imagens para o inglês ver preocupem-se e apagar os fogos, pois os bombeiros tembem fazem nmuitas burrices

    ResponderEliminar
  7. Força Bombeiros, sejam unidos, ensinem a estes gajos quem sabe. É uma vergonha este portugal

    ResponderEliminar
  8. 3000€???? Isso é ridículo!!! Só mostra a vossa ignorância na força e no tema!
    O que vocês querem é continuar a fazer dos incêndios um tacho, onde comem e recebem a olhar para os incêndios...da estrada! sim...isso mesmo da estrada!!!
    Os Bombeiros de alcatrão, não são amigos da natureza, eu sou, sou amigo da natureza e preocupa-me cada metro que arde todos os dias!!!
    Claro que existe bons Bombeiros e Maus Militares do Gips, mas em geral...bombeiros de alcatrão!!
    Por isso, devo ir embora do Gips, pq é lutar contra um inimigo invisível, que todos os dias so pensam em dizer mal do Gips em vez de olhar com prontidão para o seu "voluntariado"
    mas nao se esqueçam que eu nao sairei da Gnr, e voce senhor Luis Morais é da minha zona esta aqui guardado!

    Abraço sincero a todos k andam nos incêndios!!!

    ResponderEliminar
  9. Sr. GNR seja dos GIPS ou não, depois do triste comentário que se seguiu prova 3 (três) coisas que me desagradam enquanto cidadã Portuguesa. Como GNR que diz ser, se o é não é daqueles que jurou pela pátria e pelo bem-estar dos cidadãos... porquê, eu explico:

    1º demonstra ser um homem fraco que gosta pouco do duro pró qual se inseriu nas equipas de combate a incêndios ao qual prefere passar para as coimas que é mais macio. Para sair dos GIPS aproveita como desculpa dizer que não quer lutar contra um inimigo invisível provavelmente os "bombeiros", mas vai lutar contra presumíveis serial kiler's que é bem pior. Já agora aproveite e apanhe quem queima Portugal.

    2º prova ser um frustrado e imperfeito para o cargo de polícia.

    3º é rancoroso. Provou no seu coment que não é com gente que mereça ser um polícia pago pelos nossos impostos. Dizer publicamente que sairá dos GIPS mas não da GNR e que não vai esquecer um homem na rua, isso é inconstitucional, chama-se a isso perseguição que é punida por lei quando não há fundamentos para o efeito... falando em perseguição já agora aproveite e guarde-nos dos criminosos que queimam Portugal, dos ladrões, dos pedófilos, dos políticos corruptos, das pessoas sem carácter que matam por ciúme, proteja as mulheres que sofrem abusos e maus tratos familiares, etc, etc. Isto sim foi pelo qual jurou no final do seu CFG - Curso de Formação de Guardas e não de quem escreve um desabafo que por sua vez sequer difama.

    Para terminar pense bem no que escreveu, reflicta e peça desculpa a todos nós PORTUGUESES que leram um texto que à partida nunca esperaríamos ver especialmente vindo de um polícia que jurou defender-nos.
    Os bombeiros que salvam vidas, que retiram pessoas encarceradas, defendem o que muitos não querem defender, os safe-life são pau para toda a colher, imagine Sr. GNR que está numa situação de necessidade e precisa destes homens e se eles pensassem como você e se lhes negassem o socorro? Gostaria? Claro que, muito menos eles têm coragem para isso. Pense nisso!

    E já agora Sr. Luís Morais, mantenha-se em contacto pois se sofrer represálias de um polícia da sua zona, já sabe do que se passa, pf diga!
    Pelos vistos o futuro Sr. ex-GIPS deixa de o ser para continuar a ser um simples soldado da GNR que o irá atormentar, eu sou Catarina, sobrinha do Coronel Figueiredo que o poderá ajudar nessa questão. Mais logo vou já passar-lhe a palavra.
    Cumprimentos
    Catarina

    ResponderEliminar
  10. Acho esta reportagem uma vergonha, uma autêntica falta de respeito para quem se vê rodeado de chamas e desfalece com o calor, fome, desidratado ou até mesmo por quem morreu no meio delas como foi o caso da Josefa. Senhor Tenente-Coronel comandante do GIPS da GNR e ANPC que deixa passar esta reportagem no ar, tenham mais respeito.

    ResponderEliminar
  11. Sra Catarina: concordo em pleno consigo até chegar à parte onde diz que é sobrinha não sei de quem, e como tal vai denunciar o caso no sentido de incentivar uma perseguição ao "simples" Soldado em causa, que até já nem o é..... agora são Guardas, sim Guardas, e muitos deles licenciados, ao contrário de algumas pessoas hierarquicamente superiores. Ah e fica-lhe mal chamar frustado a quem nem sequer conhece.

    ResponderEliminar
  12. Lol, realmente o comentário muito infeliz de um camarada de profissão, que com atitudes destas (de ameaças de perseguição) é mais um que contribui para a má imagem da Instituição.
    Se antes de ter entrado para a GNR tivesse sido Bombeiro Voluntário, teria uma outra visão do sacrificio e amor à camisola (sim, porque a compensação monetária de um Bombeiro, muita das vezes nem existe) com que os Bombeiros Voluntários Porugueses se entregam de corpo e alma em pról do bem estar da sociedade.

    ResponderEliminar
  13. Sr Luís Morais,

    Você pode fazer as perguntas ao cmdt do GIPS, certamente ele teria todo o gosto em responder.
    Não lhe fica bem quando o Sr pertence a uma corporação de BV que muito trabalha com o GIPS, de minha parte nada tenho apontar a essa corporação, tenho por lá amigos e vou continuar a ter. Uma árvore não faz a floresta. Como adjunto de comando não lhe fica bem fazer esses comentários, não é num blog que você deve questionar este vídeo, apenas foi uma demonstração, num local escolhido pela RTP.

    ResponderEliminar
  14. Sr. Anónimo 11.58
    Não vou incentivar ninguém a fazer o que quer que seja apenas refiro que se tal acontecer alguém pode tratar do caso de outra maneira mais subtil.

    Soldado ou Guarda significa para nós cidadão pessoas de bem que nos guardam dos malfeitores e não nos vão perseguir por termos opinado uma vez que vivemos num estado de direito com liberdade de expressão sem que esta fira a integridade de terceiros o que não dou conta no coment do Sr. Luís Morais.

    Quanto ao ter referido no 2º ponto “prova ser um frustrado e imperfeito para o cargo de polícia”… reflicta também e se conhece tanto quanto eu o vocabulário português e os seus sinónimos primeiro, eu não disse que é um frustrado mas sim que prova ser um frustrado e frustrado no sentido de fracassado (sinónimo) uma vez que desiste (que fracassa) de ser GIPS para voltar a ser um GUARDA DA GNR. Deixa uma causa nobre de defesa das florestas (GIPS) para voltar a ser GNR em que se vais virar para o rancor (ressentimento) que guarda àquela pessoa que disse apenas o que pensou… e o respeito onde fica nesta história do GUATDA para o CIDADÃO?!

    Só para ter noção do que é o irmão da minha mãe, pois não vou referir muito, é apenas formado em direito e é hierarquicamente marcado pelo posto de oficial de Coronel de Infantaria, ele diz muita vez, “primeiro a lei depois nós os súbditos para a fazer cumprir”.
    Cmprmnts
    Catarina

    ResponderEliminar
  15. primeiro a lei sr.ª Catarina? Não brinque com coisas sérias. O que o colega da GNR escreveu é de lamentar, é algo que só alguém incosciente o poderia fazer. Quem redige as leis e as aprova, não sabe, não tem a minima noção, do que é a realidade do país. Em França e Itália já se começa a vislumbrar uma luz ao fundo do túnel, nada que quem por cá anda a garantir a segurança dos portugueses, não esperasse já. Pena não se estender para Portugal a brilhante ideia do PM francês. Sabe, é que no nosso país só existem duas situações, os súbditos que servem/são utilizados para as tarefas que os senhores feudais não querem fazer, e os senhores feudais que querem tudo feito mas não sabem como se faz. No nosso país reina a hipocrisia, a mentira e a gatunagem, esta última praticada pelas mais altas figuras que servem a nação, desde politicos, empresarios, militares etc etc. Para estes senhores feudais o 25 de Abril foi uma mina de ouro que lhes apareceu. "limpam" os cofres da Républica legalmente, "ajudados" por leis "cozinhadas" para o seu próprio proveito. Isto Sr.ª Catarina é qua a devia preocupar, denunciar ao seu irmão, e não estar preocupada com um comentário "parvo", feito provavelmente sem pensar. Há tanta coisa que realmente a deve preocupar, a si e ao seu irmão, situações como atrás descrevi, por isso não perca tempo com os subditos e ganhe coragem para desafiar os senhores feudais deste país.

    PS: Isso é mais dificil, os conhecimentos e as cunhas fazem muito, por muito boa gente, que se assim não fosse, nem para "simples" Guardas serviam.

    Abraço

    ResponderEliminar
  16. 23 de Agosto de 2010 11:14
    Anónimo disse...
    Acho esta reportagem uma vergonha, uma autêntica falta de respeito para quem se vê rodeado de chamas e desfalece com o calor, fome, desidratado ou até mesmo por quem morreu no meio delas como foi o caso da Josefa. Senhor Tenente-Coronel comandante do GIPS da GNR e ANPC que deixa passar esta reportagem no ar, tenham mais respeito.

    Exactamente, respeito...não só pelos Bombeiros mas também pelos sapadores florestais, pelos GIPS e por todos os que combatem os incêndios!
    E já que falou na bombeira que faleceu como forma de criticar a reportagem posso informa-lo que por acaso até foram os GIPS que a encontraram porque nenhum bombeiro no terreno teve a coragem de descer a encosta e ir procurar a sua camarada que na altura estava dada como desaparecida!
    Não falem por falar, não critiquem sem saber!!!
    Abraço a todos!

    ResponderEliminar
  17. Só uma coisa:
    O problema de sempre - quantias monetárias e o poder...
    Quando será, que vão lutar, em conjunto, contra algo (neste caso Fogos, como poderia ser Acidentes) e prosseguir com uma luta contra quem criou os problemas e não quem está lá dentro a cumprir o seu serviço o melhor que sabe e pode.

    ResponderEliminar
  18. Sra Catarina, ou melhor, salvadora dos fracos!
    deixesse de coisas, pois nenhum coronel, seja la o que for pode mudar o rumo de algo.
    O Comentario é infeliz, mas tem verdade no que ele escreve!ha de tudo em todo lado.
    nao sei o que a Sra faz mas de certeza que tb existe "asas negras" na sua profissao!

    As pessoas hoje em dia sao bem instruidas e com o seu comentario "incendiou" este portaL"

    ResponderEliminar
  19. Não que foi de tão grave que eu disse.
    Parece que alguém ficou tão ofendido que de imediato passou logo a ameaça.
    Só disse que gostava de ser entrevistado, ou fazer umas perguntas ao Sr. Comandante dos GPIS.
    Sempre que estive num TO e foram muitas vezes sempre tratei com muito respeito e consideração as equipas GIPS que comigo trabalharam.
    Sr. João não sei porque "Como adjunto de comando não lhe fica bem fazer esses comentários, não é num blog que você deve questionar este vídeo, apenas foi uma demonstração, num local escolhido pela RTP."
    Sabe uma coisa Sr. João seja em que situação que nós estejamos não devemos ter medo de dizer o que nos vai na alma. Se conhece o meu CB estou disposto a conversar consigo.
    Sobre as ameaças no anónimo cá ficarei a espera.
    Já agora se fica mal ameaçar de forma anónimo.

    ResponderEliminar
  20. Sra Catarina: A Sra diz: "prova ser frustrado..."
    Ora, se é a sra que o diz, logo a opinião é sua. Quanto à expressão "prova ser um frustrado", esta pode ser fácilmente entendida da seguinte forma: A pessoa em causa é frustrada uma vez que, na opinião de V.Exa, apresenta provas disso! ´
    Outra coisa: "Eu sou a Catarina, sobrinha do Coronel..."´
    Desculpe, mas é de lamentar....faz-me lembrar alguém que só é alguém por ser sobrinha de quem é!
    Contudo, e porque o motivo da discussão é outro, continuo a condenar o comentário do profissional dos GIPS

    ResponderEliminar
  21. Eu Filipe Silva profissional da GNR, em concreto do Nucleo de Investigação Criminal, até me da vontade de rir e chorar ao mesmo tempo, quando vejo individuos que se dizem profissionais da GNR, a compararem-se com bombeiros voluntarios. Mas sera que estes individuos ja se deram contas que pertencem a GNR, a uma força Policial e nao a um grupo de escuteiros com farda, com um grande papel na sociedade portuguesa, mas que são bombeiros voluntarios, sem nenhum desprimor. Um verdadeiro GNR, nao tem que estar a entrar em discuções com um bombeiro, era so o que faltava. Faço um pedido a todos os elementos que servem no GIPS, nao passem cartuxo aos bombeiros, desempanhai o vosso serviço, sem lhes dar cartuxo, porque a GNR esta noutro patamar. Quanto á srª Catarina, tem razao em relação ao colega, que teve a conversa indigna para um agente de autoridade, convenhamos que isso é mais conversa de bombeiro, mas dizer que ´pertence ao coronel Figueiredo eheheh, e isso vale o que, pensa que pode ser superior aos outros, ai que vai punir o Guarda, pq é familiar de um oficial, tenha juizo menina e espero que nao seja mais uma avensada a chular o estado portugues. Olhe dou-lhe um conselho, perca la essa mania, porque no futuro em algumas situações pode-lhe sair caro e na vez dessa ladainha aconcelhe la o bombeiro que se diz 2º comandante, a ter tino nas palavras e a respeitar td a gente. Pode-se nao concordar com o GIPS e eu como GNR, nao concordo sou frontalmente contra, mas daí gozar com quem la serve é outra, quer gozar goze com os que estao por traz dos interesses, lideres de associações, empresas de aluguer de meios e etc e que eu saiba, nao esta la nenhum GNR, mas defensores do bombeiral e bombeiros é aos magotes.

    ResponderEliminar
  22. Essa Sr.ª Catarina não sabe do que fala e como escudo usou o seu tio, talvez no intuito de intimidar alguém.
    Minha senhora, o tempo da vassalagem já lá vai...!
    Demonstra ter o dom da palavra, mas tem de organizar as suas ideias e opinar em matérias que tenha conhecimento e não venha "atirar papaias pró ar". Deixe-se disso...

    Cumps ao seu tio, com o qual privei em serviço!

    ResponderEliminar
  23. oh!!!! Filipe silva, você conhece a posição SENTIDO?
    POIS BEM PONHA-SE NELA QUANDO FALAR EM ESCUTEIROS
    PORRA SERÁ QUE TEM MESMO DE METER ESTE MOVIMENTO DE JOVENS QUE SÓ É O MAIOR DO MUNDO E EM PORTUGAL, NAS VOSSAS MERDAS?
    MATEM-SE E ESFOLEM-SE MAS DEIXEM-NOS EM PAZ . NÓS TEMOS A NOSSA MISSÃO E VÓS A VOSSA QUE POR SINAL DÁ QUE FALAR
    QUE VERGONHA!!!!
    acho que ainda vos podemos ensinar algo
    a nossa missão é deixar este mundo ummmmm pouquiiiiinnnho melhor, e a vossa qual é ???????
    MAMAR!!!!!

    ResponderEliminar
  24. Caros leitores e comentadores, os administradores do blog bombeirospontopt acharam por bem encerrar os comentários deste post.
    Obrigado pela vossa preferência.

    ResponderEliminar